Imagem capa - Photalks - Entrevista com Rosiane Santos por Stephanie Viana
Photalks

Photalks - Entrevista com Rosiane Santos

Olá pessoal!

Para quem me acompanha nas redes sociais, sabe que no final do ano passado tivemos a segunda edição do Projeto Photalks, mais uma vez com muito sucesso!

Desta vez, trouxe a Rosiane Santos, 31 anos, casada, mãe e empreendedora para contar um pouquinho da trajetória dela. Vem comigo?


                   


Stephanie: Quem é você, e como você se vê?

Rosiane: Eu sou a Rosiane, de 31 anos, administradora, casada a 13 anos e mãe de uma
menina de 3 anos, a Maria Luiza. Esposa, filha, profissional, na correria do dia a dia.
Trabalhava na minha área de formação há 8 anos e possuía o desejo enorme de
engravidar, mas descobri que eu não podia ter filhos.


Após um tratamento resolvi me dedicar a engravidar, a buscar uma gestação tranquila,
então saí do trabalho. Alguns meses depois, descobri que estava grávida e que estava
vivendo a partir dali o momento mais feliz da minha vida: ser mãe.


Eu já não estava satisfeita no meu trabalho, não pela empresa, mas pela área. Fui em
busca de trabalhar para mim mesma, já havia sido doceira por muitos anos, comecei a
trabalhar com cosméticos, mas ainda assim não era o que eu queria.


Resolvi desapegar de peças de roupas minhas, mas antes mesmo de fazer isso,
conheci a Marina, com quem comprei algumas roupas para a minha filha. Então
comecei a mexer com ela: “Porque você não trabalha com roupa de adultos também?
”. A gente foi conversando e trocando algumas ideias, até que resolvi abrir o 
brechó
com as minhas próprias peças.


E o brechó começou assim: com as minhas próprias peças. E o resto foi surgindo, não
sabemos falar da proporção. Eu e a Marina fomos conversando até que começamos a
trabalhar juntas, o que também não sabemos explicar mais detalhes, pois tudo
aconteceu tão rápido, mas foi a vontade de Deus.

            




Stephanie: E como você se vê hoje?

Rosiane: Eu me vejo hoje realizada, não 100%, mas sou uma mulher realizada por ter minha
filha, meu casamento e um marido maravilhoso, a família que Deus quis que tivesse,
um trabalho que faço com minhas próprias mãos, as minhas conquistas.
Me sinto guerreira, me sinto forte... (pausa e lágrimas).


Stephanie: Como você acha que o mundo te enxerga hoje?

Rosiane: Uma doida, varrida. Louca.
É difícil falar o que o mundo acha da gente, porque cada um tem sua opinião.
Costumo dizer como meu marido: “Não ligo para o que os outros pensam, vivo a
minha vontade e o que me traz qualidade de vida, que me traz desejo de me sentir
bem com o que faço, pela minha família e por mim principalmente”.
O que eu disse antes sobre me acharem doida varrida, é pelas coisas que vivi e
decisões que tomei.


Stephanie: Você possui algum propósito grande para a sua vida?

Rosiane: Viver do meu empreendimento. Eu e minha família.
Eu amo moda, amo me vestir, amo produzir e dar dicas de moda e maquiagem, gosto
disso. O brechó então é um complemento de tudo isso.
Pretendo me aprimorar mais nessa área de personal stylist, também no que se refere
à arrumação, pois gosto bastante. Estamos apenas no começo.


Stephanie: Você já passou por alguma situação que mudou a sua forma de pensar e
influenciou no que faz hoje, na vontade que possivelmente possua de ajudar as
pessoas?

Rosiane: As minhas escolhas, minhas decisões. Por ser persistente naquilo que quero.
As pessoas falam isso: você é muito corajosa, persistente. Isso é o que reflete.



         

Stephanie: Por último, se quiser deixar sua mensagem para quem terá acesso a entrevista,
alguma palavra sua que possa ajudar alguém...

Rosiane: Sim, o que penso para mim: Coragem. Ousar a sonhar, a conquistar, a crescer.
Os ‘nãos’ nos fazem amadurecer muito, então aceite os nãos para os ‘sims’ chegarem.


E aí, curtiu? Fique ligado aqui e nas redes sociais, que tem mais história vindo por aí!